O evento ocorre na Embrapa Arroz e Feijão, em Goiânia (GO), no dia 18.

Foto: Reprodução Internet

Conforme o último levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a produção de feijão é estimada em 1,39 milhão de toneladas, na primeira safra, 1,31 milhão de toneladas na segunda e 696,6 mil toneladas, na terceira. E a pesquisa em torno do melhoramento do grão ganha fôlego. No mês de agosto, o grupo de pesquisa em melhoramento de feijão realiza o workshop New advances in breeding for disease resistance in common bean (em português, I Workshop sobre avanços no melhoramento do feijoeiro comum para resistência a doenças).

O evento ocorre na Embrapa Arroz e Feijão, em Goiânia (GO), no dia 18, com participação de pesquisadores da unidade, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Labex-USA), Universidade Federal de Lavras (Ufla) e United States Department of Agriculture/Agricultural Research Service (USDA/ARS). O coordenador do encontro será o pesquisador Thiago Souza.

O workshop será todo realizado em inglês, sem tradução, sendo dirigido a estudantes de graduação e pós-graduação, pesquisadores e professores que atuem ou que possuam interesse no tema, além da comunidade científica e acadêmica em geral.

O objetivo é discutir os avanços importantes no melhoramento do feijoeiro-comum para resistência a doenças, com ênfase no desenvolvimento e aplicação de novas ferramentas de genotipagem para o mapeamento de genes de resistência e sua seleção assistida como etapa de rotina nos programas de melhoramento.

Fonte/Créditos: Noticias Agrícolas